quinta-feira, 14 de agosto de 2014

O Deserto dos Tártaros




«(...) Não é por acaso que uma história tão poupada em "nós" narrativos (nesta edição com tradução de Nuno Camarneiro) se tornou um daqueles livros do tamanho da vida, já que a vida cabe inteira neste medo de avançar que é também medo de recuar e nesta urgência de tudo cumprir que tanto promete atropelar tudo como tão depressa nos atropela.»

TIME OUT