quarta-feira, 13 de agosto de 2014

O Velho e o Mato


«É uma dupla homenagem. A Ernest Hemingway, que escreveu uma das obras que mais admira, O Velho e o Mar, e à natureza do seu país, que conhece como poucos. Nascido em Maputo, em 1953, Sérgio Veiga é homem de muitos talentos. Além de pintar e escrever (em Portugal já tem publicado o romance de estreia, O Quente Aconchego da Mãe Negra) é um reconhecido caçador, o responsável pela morte das duas leoas que, em 2008, atacaram muitas populações do norte de Moçambique e que Mia Couto reinventou no romance A Confissão da Leoa (...)»
in JL - Jornal de Letras, Artes e Ideias