quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Um livro que vai revolucionar a sua forma de ver o cancro


 
Este livro dá-lhe uma nova perspetiva de como abordar o cancro – um entendimento que contrapõem o modelo atual convencional. Na medida em que, o autor Andreas Moritz (ele próprio doente de cancro), afirma que esta doença é o sintoma físico que reflete a derradeira tentativa desenvolvida pelo corpo para eliminar causas específicas autodestrutivas. E que, eliminando essas causas, se criam condições para uma cura do corpo, da mente e das emoções. 
 
Em CANCRO NÃO É UMA DOENÇA, É UM MECANISMO DE SOBREVIVÊNCIA, Andreas Moritz quer mostrar-lhe que os tratamentos protocolados podem ser mais perigosos que efetivos, abordando aquelas, que para ele, são as verdadeiras causas do cancro e como se podem eliminar os obstáculos que impendem o corpo de se curar por si mesmo. Segundo ele, o cancro não é um atentando contra a vida; ao invés, poderá estar a tentar salvá-la.
E a menos que alteremos a nossa perceção do que realmente é o cancro, este continuará a ameaçar a vida de milhões de pessoas.
Acima de tudo este livro pretende abrir caminho para aqueles que querem ter uma abordagem mais positiva em relação ao cancro, e aumentar a autoconfiança e autodomínio no seu combate, trocando a doença pela saúde. Aprender a lidar com o cancro é uma forma mais sensata e efetiva de o conseguir tratar do que lutar contra ele ou destruí-lo.


DESCUBRA NESTE LIVRO:
  • As razões que levam o corpo a desenvolver células cancerígenas; 
  • Como identificar e eliminar as causas do cancro;
  • Por que motivo a maioria dos cancros desaparece por si, sem intervenção médica;
  • Porque é que a radioterapia, a quimioterapia e a cirurgia não são eficazes;
  • Porque é que algumas pessoas sobrevivem ao cancro apesar de sujeitas a tratamentos radicais e perigosos;
  • Que papéis desempenham o medo, a frustração, a baixa autoestima e a raiva reprimida no desencadeamento do cancro;
  • Como transformar emoções autodestrutivas em energias que promovam a saúde e a vitalidade.