segunda-feira, 14 de abril de 2014

Um Dia Esta Dor Vai Ser Útil

"Um Dia Esta Dor Vai Ser Útil foi uma história que estranhei antes de permitir que se entranhasse, antes de me deixar a desejosa por relê-la, antes de me deixar ansiosa por absorver tudo o que não consegui numa primeira leitura que, se de início foi lenta, se tornou demasiado veloz.
 
 
 
 
Fugindo aos habituais parâmetros de um romance comum, Peter Cameron conta-nos, com uma voz sublime, a dissonante perspectiva de James face ao seu mundo – ao que o rodeia e às problemáticas com que recentemente é confrontado – levando-nos ao passado deste jovem para a compreensão do seu presente, da sua singularidade que não ambiciona o previsível e não se prende à maior parte das convenções que o leitor poderá ter intrinsecamente enraizadas."