terça-feira, 1 de abril de 2014

O Autor - Revelação do Ano na Narrativa Espanhola

"Um romance talhado palavra a palavra, no qual a presença de uma natureza inclemente alinha toda a história até se confundir com a trama na qual a dignidade do ser humano brota por entre as gretas secas da terra com uma força inusitada."




"Um rapaz fugido de casa escuta, acocorado no fundo do seu esconderijo, os gritos dos homens que o procuram. Quando o grupo passa, o que fica à sua frente é a planície infinita e árida que deverá atravessar se quiser afastar-se definitivamente daquilo que o fez fugir. 
Uma noite, os seus passos cruzam-se com os de um velho pastor e, a partir desse momento, já nada será igual para nenhum dos dois.
Intempérie narra a fuga de um rapaz através de um país castigado pela seca e governado pela violência.
Um mundo fechado, sem nomes nem datas, no qual a moral se escapou pelo mesmo lugar onde se sumia a água.
Neste cenário, o rapaz, ainda não totalmente perdido, terá a oportunidade de se iniciar na dolorosa tarefa de julgar ou, pelo contrário, de exercer para sempre a violência que já provou.
Através de arquétipos como o rapaz, o pastor ou o aguazil, constrói um relato duro, salpicado de momentos de grande lirismo."